Cree en grande.
CONMEBOL

Bragantino bate Central 4-3 e pisa firme

Bragantino bate Central 4-3 e pisa firme

Com um hat-trick de Artur, o Red Bull Bragantino do Brasil derrotou o argentino Rosario Central por 4-3 em um vibrante encontro disputado nesta terça-feira em Rosario, província de Santa Fe (centro), na ida das quartas de final da CONMEBOL Sudamericana 2021.

Bruno Praxedes (16) abriu o placar para a visita e logo Artur aumentou a conta (20, de pênalti, 43 e 73), o grande craque da noite com um hat-trick, enquanto para a equipe ‘Canalla’ anotaram Marco Ruben (23 e 55) e Milton Caraglio (62).

Desta forma, a equipe paulista disputará a revanche com vantagem em sua casa onde será suficiente um empate ou uma derrota por um gol de diferença para avançar, enquanto Central está forçado a vencer por, pelo menos, dois gols de vantagem, ou por um se marcar 5 vezes.

A revanche será disputada na próxima terça-feira, 17, em São Paulo e o vencedor desta série confrontará o ganhador do duelo Santos x Libertad nas semifinais.

-Números do jogo-

  • Quarta vitória consecutiva do Red Bull Bragantino como visitante na CONMEBOL Sudamericana: neste intervalo a equipe brasileira marcou 9 gols e sofreu 4.
  • Red Bull Bragantino venceu em suas únicas duas apresentações na Argentina em competições CONMEBOL: x Talleres na fase de grupos (0-1) e hoje, x Rosario Central no jogo de ida das quartas de final (3-4).
  • Artur, do Red Bull Bragantino, marcou 3 gols em 6 finalizações (máximo do jogo), além disso, criou 3 chances de gol incluindo uma assistência. Tinha marcado 4 gols em 25 jogos nessa temporada entre competições CONMEBOL, Brasileirão e Copa do Brasil.
  • É o segundo hat-trick de um jogador do Red Bull Bragantino na temporada, o anterior foi de Ytalo x Palmeiras em um jogo correspondente ao atual Brasileirão.
  • Marco Ruben, do Rosario Central, marco pela primeira (e segunda) vez com a camisa 'Canalla' em seu jogo número 13 com o time na CONMEBOL Sudamericana.
  • É a primeira vez que Rosario Central recebe 4 gols jogando como local em competições CONMEBOL e é apenas a segunda nos últimos 20 anos que recebe 3 ou mais gols no Gigante em jogos internacionais: o único antecedente neste intervalo foi um empate 3-3 com Palmeiras durante a CONMEBOL Libertadores de 2016.

 

 

 

 

AFP