Cree en grande.
CONMEBOL

Definição dos últimos lugares para as Quartas de Final

Definição dos últimos lugares para as Quartas de Final

Os últimos lugares para as Quartas de Final da CONMEBOL Sudamericana serão definidos nesta quinta-feira, 22 de julho.

Aqui os detalhes dos três jogos:

-Rosario Central x Táchira por um boleto às quartas-

Rosario Central tentará alcançar a classificação para as quartas de final contra o Deportivo Táchira na quinta-feira à noite no jogo de volta das oitavas que será disputado no Gigante de Arroyito, em Rosario (província de Santa Fe, centro).

Na semana passada ambos protagonizaram um duelo vibrante em San Cristóbal, onde o 'Canalla' argentino esteve duas vezes na frente no placar, porém a equipe venezuelana empatou definitivamente no quarto minuto dos acréscimos, para continuar com chances na série.

As contas favorecem o Rosario Central, que terá a vantagem da localidade e avançará com um triunfo com qualquer margem, e inclusive com um empate a zero ou a um gol.

- Dados –

Estádio: Gigante de Arroyito

Hora: 21:30 horário local (00:30 GMT da sexta-feira)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)

- Antecedentes -

  • Rosario Central nunca perdeu de equipes venezuelanas em competições CONMEBOL (3V 2E). Porém, esteve 3 jogos consecutivos sofrendo 2 gols confrontando equipes da Venezuela (2V 1E).
  • Rosario Central buscará superar a rodada das oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez em sua história. Em sua única outra ocasião que disputou essa rodada na competição, foi eliminado pelo Internacional do Brasil na edição de 2005.
  • Deportivo Táchira nunca venceu um jogo em competições CONMEBOL visitando uma equipe argentina. De suas 5 visitas à Argentina, todas foram na CONMEBOL Libertadores, conseguindo 1 empate e 4 derrotas.
  • Deportivo Táchira gera, em média, 16 oportunidades de gol por encontro. É a máxima média de oportunidades de gol criadas por uma equipe na atual CONMEBOL Sudamericana.
  • Emiliano Gabriel Vecchio é o jogador do Rosario Central com mais oportunidades de gol geradas na atual CONMEBOL Sudamericana. O jogador gerou 16 no total.

 

-Nacional, obrigado a derrotar o Peñarol na revanche-

Com um Nacional obrigado a vencer e um Peñarol que espera repetir o desempenho do encontro passado contra seu tradicional rival, o superclássico uruguaio terá sua revanche nesta quinta-feira para definir qual dos dois grandes 'charruas' passará às quartas de final.

O 'Bolso' pulará ao campo com o objetivo de marcar pelo menos 2 gols em sua visita ao estádio 'aurinegro' Campeón del Siglo, após ter sido derrotado por 2-1 no Gran Parque Central na quinta-feira passada, no jogo de ida das oitavas.

- Dados –

Estádio: Campeón del Siglo

Hora: 21:30 horário local (00:30 GMT da sexta-feira)

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

- Antecedentes -

  • Peñarol está em uma racha de 3 jogos consecutivos invicto contra o Nacional jogando como local em competições CONMEBOL (1V 2E). Defendendo a casa, Peñarol só perdeu 1 dos seus últimos 9 duelos contra o Nacional entre CONMEBOL Libertadores, Supercopa e Copa Mercosul (2V 6E).
  • Nacional só perdeu 1 dos últimos 6 jogos que disputou como visitante na CONMEBOL Sudamericana (3V 2E). Além disso, puderam manter o arco em zero em 4 dessas 6 visitas na competição (3V 1E).
  • Peñarol está invicto por 5 jogos na CONMEBOL Sudamericana jogando em casa (4V 1E). Em nenhuma dessas 5 partidas recebeu mais de 1 gol por encontro e anotou, no total, 17 a seu favor.
  • Nacional gera, em média, 4 chances de gol por jogo na atual CONMEBOL Sudamericana. O registro mais baixo para uma equipe nesta métrica na atual edição.
  • Peñarol é o time com mais passes realizados (4,327) na atual CONMEBOL Sudamericana.


-Independiente e Santos, dois gigantes em um clássico-

O argentino Independiente e o brasileiro Santos, dois gigantes dos torneios continentais, duelarão na quinta-feira em um dos encontros destacados das oitavas de final, em uma série com prognóstico incerto.

Independiente continua com vida no torneio graças à soberba atuação do goleiro uruguaio, Sebastián Sosa, no confronto de ida na Vila Belmiro, na quinta-feira passada, ao impedir uma goleada do Santos, que teve que se conformar com uma vantagem mínima de 1-0.

Agora, o Peixe lutará por manter essa margem quando visitar Avellaneda, para definir a chave no estádio dos 'Dablos Rojos' na periferia sul de Buenos Aires, decididos na missão de reverdecer velhos lauréis.

Para o time brasileiro, um empate será suficiente para avançar, enquanto o 'Rojo' precisa vencer por uma diferença de 1 gol para forçar os pênaltis, uma tarefa pouco acessível em uma edição onde o Independiente mostrou-se mais ofensivo em seu jogo, porém com falta de contundência.

- Dados –

Estádio: Libertadores de América

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Diego Haro (PER)

- Antecedentes -

  • Independiente e Santos disputarão seu 11º jogo em competições CONMEBOL. Nove dos onze disputados foram em rodada de oitavas de final entre CONMEBOL Libertadores, Supercopa e agora, a Sudamericana. Independiente venceu 6, empatou 3 e perdeu 2.
  • Independiente está invicto por 3 encontros com vitórias consecutivas como local na CONMEBOL Sudamericana e só perdeu 1 dos últimos 16 jogos como local na competição. A única derrota foi contra o Lanus 1-3 em dezembro 2020.
  • Santos está em uma racha de duas vitórias consecutivas em partidas das oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana. A última vez que ganhou um jogo de ida nesta rodada da competição, conseguiu classificar para as quartas de final, eliminando o São Paulo em 2004.
  • Só 3 equipes da atual CONMEBOL Sudamericana forçaram os seus rivais a marcar 2 gols. Um deles é Independiente, os outros 2 são Rosario Central e Emelec.
  • Marcos Guilherme, do Santos, foi o jogador da fase das oitavas de final - ida da atual CONMEBOL Sudamericana, com mais chutes a gol. Disparou 3 vezes, todos a gol. (N. Castro do Arsenal também teve 3 disparos a gol, porém em 6 finalizações).

 

 

 

AFP/OPTA