Cree en grande.
CONMEBOL

Flamengo confronta Barcelona em duelo semifinal

Flamengo confronta Barcelona em duelo semifinal

Flamengo e Barcelona, nesta quarta-feira, se encontram no duelo de ida das semifinais da CONMEBOL Libertadores, que será disputado no estádio do Maracanã no Rio de Janeiro.

Bicampeão da CONMEBOL Libertadores, o Flá tentará conseguir uma boa vantagem na ida contra o Barcelona, que busca sua primeira estrela no torneio continental.

O Mengão sofrerá a ausência de Giorgian De Arrascaeta, um dos pilares no ataque, devido a uma lesão; não obstante, contará com os pés de sua grande estrela Gabigol.

Além da baixa do internacional uruguaio, Flamengo não contará com o também lesionado Filipe Luis, embora sua nova contratação, o zagueiro David Luiz, pode ser convocado.

Com a moral no topo e com uma confiança plena, o ‘ídolo Astillero’ encara esta fase desafiando a história, indo em busca da conquista de sua primeira CONMEBOL Libertadores.

Para este crucial duelo, Barcelona recuperou jogadores fundamentais que estavam lesionados como Mario Pineida, Adonis Preciado, o uruguaio Bruno Piñatares e o argentino Emmanuel Martínez.

O jogo será no estádio Maracanã, onde poderão entrar até 35.000 espectadores, sob um estrito controle sanitário.

 - Dados -

Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)

Hora: 21:30 horário local (00:30 GMT).

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

VAR: Leodán González (URU).

- Antecedentes -

  • Barcelona e Flamengo duelaram duas vezes na história da CONMEBOL Libertadores. Os dois jogos foram na fase de grupos da edição anterior do torneio e ambos terminaram com vitória da equipe brasileira.
  • Flamengo está em sua segunda semifinal nas últimas três edições da CONMEBOL Libertadores, após não chegar entre os 4 melhores times do torneio em suas últimas 10 participações na competição no formato com instâncias eliminatórias.
  • Barcelona disputou 4 semifinais da Libertadores no formato de instância eliminatória. As duas vezes que enfrentou times brasileiros terminou sendo eliminado e seu rival saiu campeão (São Paulo em 1992 e Grêmio em 2017). Nas outras duas vezes classificou para a final (River Plate em 1990 e Cerro Porteño em 1998).
  • Com a atual participação do Barcelona, as equipes do Equador acumulam 8 participações em semifinais da CONMEBOL Libertadores no formato de instância eliminatória (desde 1989). Mais da metade (5), são do próprio Barcelona (1990, 1992, 1998, 2017 e 2021).
  • Gabigol, do Flamengo, é o quarto jogador brasileiro com mais gols na história da CONMEBOL Libertadores (22, empatado com Célio). O atacante do Flamengo foi o máximo artilheiro da edição de 2019 (9 gols) e é o máximo artilheiro da edição atual (10 gols).

 

 

 

AFP / OPTA